Terça, 25 de Janeiro de 2022 09:46
9298125-7000
Geral Pará

Política de educação do Estado beneficia servidores da Seduc na Feira Pan-Amazônica do Livro

Cada profissional da educação terá direito a um bônus de R$ 200,00, para aquisição de obras literárias nos cinco dias do evento

27/11/2021 18h30
59
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Investir no aprimoramento profissional dos servidores efetivos da educação faz parte das ações previstas pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Com esse objetivo, no decorrer da 24ª edição da Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, que será aberta no próximo dia 1º, cada funcionário público da rede estadual de ensino vai receber um bônus de R$ 200,00, por meio do Programa Credlivro, para adquisição de obras literárias.

A iniciativa do governo do Estado está regulamentada em lei, para permitir aos servidores a renovação de exemplares, o conhecimento e, principalmente, fomentar cada vez mais o hábito da leitura. Neste ano, 19.340 profissionais da educação, lotados em todos os 144 municípios paraenses, serão beneficiados, conforme os critérios estabelecidos pela legislação vigente.

O Credlivro representa um investimento em conhecimento de quase R$ 4 milhões
O Credlivro representa um investimento em conhecimento de quase R$ 4 milhões - (Foto: Divulgação)

Mais de R$ 3,8 milhões do Tesouro Estadual serão investidos no Credlivro, com recursos disponibilizados pelo Banco do Estado do Pará (Banpará). Para os beneficiários que já possuem conta corrente na instituição financeira, o bônus cairá automaticamente na conta, para ser utilizado com o cartão bancário. No entanto, caso o servidor não seja correntista do Banpará, uma equipe do Credlivro e servidores do próprio banco vão fornecer um cartão na hora, com o valor disponível.

Caso o beneficiário não esteja na capital paraense, um modelo de procuração será disponibilizado pela internet, para que uma pessoa de sua confiança possa utilizar o Credlivro em seu nome. O benefício não resulta em nenhum tipo de desconto na folha salarial do servidor. O recurso só poderá ser utilizado nas livrarias participantes da 24ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes. Ao final do evento, o valor concedido não estará mais disponível para uso.

Foto: Divulgação
Profissionais da educação serão beneficiados pelo bônus
Foto: Reprodução/Secom Pará
Conhecimento- Segundo a secretária de Estado de Educação, Elieth de Fátima Braga, “o Credlivro é uma iniciativa muito especial, que incentiva o conhecimento, a cultura e a leitura. O Governo do Pará investe R$ 200,00 por servidor, para que eles possam adquirir as obras literárias que, em sua maioria, vão fazer parte das suas atividades pedagógicas. Não tenho dúvidas de que este grandioso evento será um sucesso e vai possibilitar a troca de experiências entre alunos, professores e a população como um todo”.

Segundo a coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Escolares (Siebe), Sílvia Fernandes, a aquisição de livros visa à atualização e ao aperfeiçoamento pedagógico dos educadores da rede pública estadual. “O Credlivro faz parte de uma ação governamental que visa à valorização do servidor efetivo da rede estadual de ensino. O objetivo principal é contribuir para o desenvolvimento intelectual desses profissionais e incentivar que tenham uma rotina de leitura cada vez maior em seu dia a dia. Durante o evento, todo o suporte será disponibilizado aos colegas servidores e, caso haja algum problema nas compras, uma equipe estará de prontidão para auxiliar no que for necessário”, ressaltou.

Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho) vai sediar, pela primeira vez, a Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes
Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho) vai sediar, pela primeira vez, a Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes - (Foto: MÁCIO FERREIRA/ AG. PARÁ)

Programação- Este ano, a Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes será realizado no período de 1º a 5 de dezembro, na Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho), em Belém. O evento busca ampliar a circulação de livros, proporcionar a renovação dos acervos bibliográficos e enriquecer o conhecimento e as formações acadêmicas de cada profissional da educação, a fim de que se tornem cada vez mais preparados aos desafios educacionais.

Devido à pandemia de Covid-19, o acesso de visitantes será controlado. Também não haverá as feiras itinerantes em outras regiões do Estado. A única edição, em Belém, obedecerá a todos os protocolos de biossegurança exigidos pelos órgãos de Vigilância em Saúde. O evento deste ano vai abordar inclusão, juventude e tecnologia, tendo como autores homenageados os paraenses Vicente Cecim e Zeneida Lima.

Serviço: Credlivro - servidores efetivos podem consultar se estão incluídos na relação dos beneficiados pelo programa, por meio do link:www.seduc.pa.gov.br/consulta_credlivro/consulta

Texto: Vinícius Leal - Ascom/Seduc

Por Governo do Pará (SECOM)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.