Domingo, 28 de Novembro de 2021 10:07
9298125-7000
Geral Pará

Em Abaetetuba, Emater viabiliza recursos do Pronaf para produção de farinha

Como órgão oficial de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará, a empresa realiza serviços e difunde conhecimentos e informações tecnológicas no meio rural

24/11/2021 18h45
8
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Por intermédio de projeto de crédito rural elaborado pela Empresa de Assistência técnica e Extensão Rural do estado do Pará (Emater-PA), a agricultora familiar, Cleide Barbosa, de Abaetetuba, na região norte paraense, e sua família, passam a contar com o recurso de R$ 10.544,00, por meio da linha Custeio do Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar (Pronaf), através do Banco da Amazônia. O intuito do investimento é o aumento da produtividade da cadeia econômica e a duplicação da receita financeira da mandiocultora, em 18 meses.

"Esse recurso será utilizado para aquisição de insumos, e preparo de área de 1 hectare. Com isso, a nossa estimativa é de aumento da produtividade em 50%, em um período de um ano e meio", disse o técnico agropecuário Janair Campelo, da equipe de Assessoramento, Monitoramento e  Avaliação/AMA do Escritório Regional de Tocantins da Emater.

Em sua propriedade na comunidade Santa Cruz, distante 20km da sede do município, dona Cleide produz, por ano, 100 sacos, com 25 kilos de farinha cada, que são comercializados no mercado local, gerando uma receita de R$ 10 mil anualmente.

“Esse recurso veio em muito boa hora, pois vai ajudar muito a minha família. Aqui trabalhamos eu, meu marido, meu filho de 18 e minha filha de 16 anos, e nossa intenção é melhorar de vida e ter condições de colocar os dois na universidade”, contou Cleide Barbosa.

A família conta com a assistência do escritório local da Emater há mais de 10 anos e além da cultura da mandioca também trabalha com o cultivo de hortaliças e com o manejo de açaizais. “A equipe da Emater sempre foi maravilhosa no atendimento com a gente. Tem nos apoiando bastante, não só com o acesso ao financiamento rural”, finalizou a produtora de mandioca.

Como órgão oficial de Ater do Estado do Pará, a Empresa realiza serviços especializados nas áreas de ciências agrárias e humanas, difundindo conhecimentos e informações tecnológicas no meio rural, com base nos princípios norteadores de equidade, eficiência e sustentabilidade, para a implementação de um modelo de desenvolvimento capaz de aliar a expansão econômica com o uso racional do patrimônio natural a fim de gerar riqueza e maior bem estar, a partir das diretrizes norteadoras da Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Pnater).  

*Texto de Paula Portilho (Ascom Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.