Sábado, 23 de Outubro de 2021 06:09
9298125-7000
Geral Pará

Com intermédio da Emater, agricultores de Porto de Moz recebem recursos do Pronaf para incrementar produção de farinha

Dez famílias agricultoras da Vila Tapará-Rio Xingu, de Porto de Moz, foram contempladas com recurso do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), na linha Custeio, viabilizados pelo Basa, que totalizam R$ 220 mil,...

28/09/2021 22h05
12
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Dez famílias agricultoras da Vila Tapará-Rio Xingu, de Porto de Moz, foram contempladas com recurso do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), na linha Custeio, viabilizados pelo Basa, que totalizam R$ 220 mil, com o objetivo de melhorar a cadeia produtiva da mandioca para produção de farinha em 50% em até 2 anos. Os projetos de crédito foram elaborados pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater-PA).

“Os recursos se destinam ao preparo de área mecanizada e melhorias estruturais nas casas de farinha. A capacitação foi dada em momento anterior. Há mais de 20 anos, a Emater presta assistência a essa comunidade, onde vivem cerca de 400 famílias que têm como principal receita a mandiocultura, e cuja produção é comercializada para o estado do Amapá”, disse o técnico em agropecuária Jackson Lima, chefe do escritório local da Emater.

Foto: Veloso Júnior / Ascom Emater
Até setembro deste ano, os recursos liberados pelo Basa, por meio de 625 projetos de financiamento desenvolvidos pelas equipes técnicas da Emater, alcançaram o montante de R$ 20 milhões para o fomento de diversas cadeias produtivas pelos municípios paraenses, através de investimentos em implantação, ampliação ou modernização da estrutura de produção, beneficiamento, industrialização e de serviços em empreendimento rural ou em áreas comunitárias rurais, visando a geração de renda e a qualificação da mão-de-obra familiar.

A equipe do escritório local da Emater em Porto de Moz atende a 600 famílias produtoras, e realiza, por mês, em média, 80 atendimentos. No município, as principais atividades produtivas são a cultura da mandioca com foco na produção de farinha, a pesca artesanal, e a criação de bovinos e bubalinos com aptidão de corte e de leite. 

Texto: Paula Portilho (Ascom Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.