Terça, 28 de Setembro de 2021 22:21
9298125-7000
Geral Pará

TerPaz realiza oficina de fotojornalismo no bairro do Benguí em Belém

A oficina de fotojornalismo é promovida pela Secretaria de Comunicação do Estado (Secom) e irá durar quatro dias

14/09/2021 20h40
14
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

A fotografia que é um meio tão utilizado no nosso dia-a-dia foi palco da Oficina de Fotojornalismo, que teve início na manhã desta terça-feira (14), na Escola Municipal de Ensino Fundamental Walter Leite Caminha. A vendedora Leige Pereira, de 36 anos, que é moradora do bairro do Benguí há mais de 30 anos, foi com a filha de 15 anos participar do projeto.

“Essa oficina é muito importante, principalmente para mim que estou há mais de 15 anos sem estudar e agora eu e minha filha estamos aproveitando essa oportunidade. Pretendo usar os conhecimentos que estou adquirindo aqui no meu trabalho de vendas de comida, batendo fotografias mais profissionais’’, disse a moradora. 

A oficina de fotojornalismo é promovida pela Secretaria de Comunicação do Estado (Secom), dentro do Programa Territórios Pela Paz (TerPaz), e terá a duração de quatro dias (14 a 17) com carga horária de 16 horas. 

“Durante os quatro dias de oficinas, os participantes vão aprender que a fotografia jornalística mostra, revela, denuncia, opina e expõe, ou seja, é um registro informativo por meio da captura de imagem da ação humana, em atividades sociais, culturais e artísticas, que contextualizam a realidade social e as pessoas envolvidas, construindo uma narrativa simbólica e informativa. A expectativa é promover ampliar esse debate com a comunidade local”, afirmou o Diretor de Comunicação Popular e Comunitária da Secom, Fábio Oliveira.  

Segundo a gestora do TerPaz no Benguí, Juliana Chaves, essa é uma oficina que dá voz aos moradores. “Nós já tínhamos pretensão de realizar essa oficina, mas com o agravamento da pandemia tivemos que adiar, e agora estamos retornando com as ações gradativamente, e estamos muito felizes, porque a adesão foi muito boa. A oficina de fotojornalismo serve para retratar o cotidiano e o que se passa no bairro, o que é de extrema importância”, afirmou a gestora. 

A estudante Victória Silva, de 20 anos, ressaltou a importância de ações como essa para a comunidade. "Essa é uma grande oportunidade, já que é uma ação totalmente gratuita e, como eu gosto muito de fotografia, resolvi participar da oficina, para adquirir mais conhecimento nessa área’’, ressaltou a moradora.

Os outros bairros atendidos pelo programa Territórios Pela Paz, também serão beneficiados com a Oficina de Fotojornalismo.

Por Elizabeth Teixeira (SEAC)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.