Terça, 28 de Setembro de 2021 22:08
9298125-7000
Geral Amazonas

PC-AM prende duas pessoas investigadas por envolvimento no homicídio de adolescente grávida

Prisão preventiva em nome de Rafael de Oliveira Lopes, de 28 anos, investigado pela morte da adolescente Vitória de Jesus Rodrigues de Souza.

13/09/2021 20h55
36
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Amazonas
Envolvimento no homicídio de adolescente grávida
Envolvimento no homicídio de adolescente grávida

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), deflagrou ação policial, na manhã desta segunda-feira (13/09), por volta das 6h, que resultou no cumprimento do mandado de prisão preventiva em nome de Rafael de Oliveira Lopes, de 28 anos, investigado pela morte da adolescente Vitória de Jesus Rodrigues de Souza, que tinha 15 anos, e estava grávida de 8 meses. O crime ocorreu no dia 31 de agosto deste ano, no bairro Cidade de Deus, zona norte da capital.

Na ocasião, a mãe de Rafael, uma mulher de 56 anos, também foi presa em cumprimento a mandado de prisão temporária, como partícipe no delito. As prisões ocorreram na travessa Mamona, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

De acordo com a delegada Marna de Miranda, adjunta da DEHS, na ocasião do crime, a vítima estava indo até a casa do namorado dela, momento em que foi atacada por Rafael e levada para uma área de barranco, do bairro Cidade de Deus.

“Ele deu um golpe mata-leão na vítima e depois a levou para a casa dele, onde estava sua mãe. Ela viu o filho entrando com o corpo da adolescente, mas não fez nada, segundo ela, por medo. Rafael ainda trocou a roupa da vítima e jogou o corpo em frente à casa dele, onde ela foi encontrada, posteriormente, já sem vida”, contou a delegada.

A autoridade policial explicou que, após as equipes de investigação chegarem à identidade dos envolvidos, foi solicitado à Justiça pelo mandado de prisão em nome deles, e as ordens judiciais foram decretadas. “O Rafael inclusive já possui passagem pela polícia por porte ilegal de arma de fogo e estupro de vulnerável”, relatou Marna.

Procedimentos – Rafael foi indiciado por homicídio qualificado e será encaminhado à audiência de custódia, na Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça. A mãe dele também foi indiciada pelo crime, porém, irá responder ao processo em liberdade, pelo fato de estar contribuindo para o andamento das investigações.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.