Sábado, 24 de Julho de 2021 00:15
9298125-7000
Geral Amazonas

Sejusc inicia campanha Coração Azul com exibição de documentário sobre o tráfico de pessoas

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), iniciou a campanha Coração Azul

22/07/2021 21h50
22
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Amazonas
Sejusc inicia campanha Coração Azul
Sejusc inicia campanha Coração Azul

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), iniciou nesta quinta-feira (22/07), a campanha Coração Azul, de conscientização contra o tráfico de pessoas, no Casarão das Ideias, Centro de Manaus, a partir das 16h, com a exibição do documentário “Bolishopping” (2013), que aborda o drama de migrantes e refugiados bolivianos vítimas de trabalho escravo.

A Gerência de Migração, Refúgio, Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Trabalho Escravo (GMIG), vinculada à Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH) da Sejusc, separou dois grupos de refugiados e migrantes venezuelanos para acompanhar o filme. Após a exibição, a gerência promoveu uma roda de conversa sobre o tráfico humano no contexto internacional, nacional e amazônico.

A secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, explicou que a campanha Coração Azul acontece no mês de julho, em várias capitais brasileiras e em outros países, em parceria com a Organização Mundial das Nações Unidas (OIM). A campanha visa o enfrentamento do tráfico de pessoas, buscando encorajar a participação em massa para a conscientização desse crime.

O gerente da pasta de Migração da Sejusc, Giovanni Miranda, ressalta a importância de levantar o debate junto ao público-alvo, migrantes e refugiados de outras nacionalidades.

“A campanha Coração Azul, representa a tristeza das vítimas do tráfico de pessoas e nos lembra da insensibilidade daqueles que compram e vendem outros seres humanos. O uso da cor azul das Nações Unidas também demonstra o compromisso da organização na luta contra esse crime, que atenta a dignidade humana”, disse o gerente.

O produtor cultural e diretor do Casarão de Ideias, João Fernandes, destaca a importância desta parceria com a campanha. “O Casarão de Ideias é um espaço cultural da cidade, estarmos inseridos nessa programação reforça o nosso papel não só cultural, mas também nosso papel social de ajudar na visibilidade, pelos números de pessoas que a gente atinge. Então é importante que a instituição seja sempre parceira de campanhas como essa, que merece cada vez mais destaque pela recorrência desse crime do tráfico de pessoas”, disse.

Programação

A agenda para este mês começou hoje (22/07), apresentando o filme “Bolishopping”, sobre o combate ao tráfico de pessoas. O mesmo filme será exibido amanhã (23/07), a partir das 7h, no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) Iranduba; e no dia 26, a partir das 17h, no Consulado Colombiano, Parque Dez, zona centro-sul.

No dia 27, terá uma roda de conversa sobre a realidade do tráfico de pessoas em Manaus, a partir das 8h, no Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico da capital.

No dia 28, abordagem performática, pela manhã, a partir das 8h, e à tarde, a partir das 14h, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, zona oeste.

No dia 29, abordagem educativa no Terminal Rodoviário de Manaus, a partir das 8h. Para encerrar, no dia 30, terá uma abordagem educativa, a partir das 18h30, no Teatro Amazonas, no Centro, com vídeo institucional e iluminação em azul do monumento.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.