Segunda, 16 de Maio de 2022 21:09
9298125-7000
Saúde Acre

Saúde do Acre realiza evento alusivo ao Dia Nacional de Conscientização sobre a Fibromialgia

A fibromialgia é uma síndrome de caráter crônico e etiologia desconhecida, caracterizada por dor musculoesquelética que afeta várias áreas do corpo...

09/05/2022 18h15
11
Por: Adão Gomes Fonte: Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

A fibromialgia é uma síndrome de caráter crônico e etiologia desconhecida, caracterizada por dor musculoesquelética que afeta várias áreas do corpo. É uma doença reumatológica que afeta a musculatura causando dor e acomete 2% da população mundial, sendo mais frequente em mulheres.

Como muitas das doenças reumatológicas, a fibromialgia (FM) não tem suas causas e mecanismos totalmente esclarecidos. O que sabemos é que a pessoa que tem FM possui maior sensibilidade à dor e isso tem relação com o centro de dor no sistema nervoso. Desta maneira, nervos, medula e cérebro fazem que qualquer estímulo doloroso seja mais intenso.

E para fornecer mais esclarecimentos sobre a doença, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), realiza no dia 12 de maio o Primeiro Circuito Acreano de Palestras sobre Fibromialgia, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco.

O evento será realizado no Anfiteatro da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Rio Branco.

A Fibromialgia

Os sintomas são muito variáveis, em aparecimento e intensidade, entretanto alguns critérios de diagnóstico podem auxiliar na suspeição clínica: dor por mais de três meses em todo ou qualquer parte do corpo; presença de pontos dolorosos na musculatura (18 pontos pré-estabelecidos); alteração do sono e fadiga; quadro de depressão ou ansiedade; alterações do hábito intestinal; e alterações cognitivas, como falta de memória ou concentração.

O tratamento deve ser multidisciplinar, incluindo medicamentos, atividade física, acompanhamento psicológico e massagens.

No Brasil, a estimativa é de que existam quatro milhões de pessoas nesta condição. Destas, entre 75% e 90% são mulheres. Assim, o governo federal estabeleceu o dia 12 de maio como Dia Nacional de Conscientização e Enfrentamento da Fibromialgia, por intermédio da Lei nº 14.233/2021.

No Acre, a Lei nº 3.752, de 9 de julho de 2021 dispõe sobre o atendimento preferencial às pessoas com fibromialgia em órgãos públicos, empresas públicas, empresas concessionárias de serviços públicos, mediante identificação que se dará por meio de cartão expedido gratuitamente. Vários municípios também sancionaram leis com o mesmo objetivo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.