NO DISCURSO EM DAVOS, JAIR BOLSONARO DIZ QUE VAI CUIDAR DA SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL, PARA QUE O PAÍS SEJA VISITADO. ELA FAZ PROPAGANDA DA AMAZÔNIA E DAS PRAIAS. EM MANAUS: POLÍCIA MILITAR APREENDE MIL SACAS DE CARVÃO VEGETAL EM SITUAÇÃO IRREGULAR DURANTE OPERAÇÃO "ÁGUIA - BOINA VERDE" AO ESTADÃO, HAMILTON MOURÃO TAMBÉM DISSE QUE DIVERGÊNCIAS ENTRE PAULO GUEDES E ONYX LORENZONI ESTÃO SUPERADAS. “TEM ESSES PRIMEIROS DEZ DIAS, QUE É O MOMENTO DE CONHECER AS COISAS. O PAULO E O ONYX JÁ TROCARAM BEIJINHOS E ESTÁ TUDO CERTO.”
Arrow
Arrow
Slider

Crime de tráfico de pessoas pode ser denunciado no Disque 100, alerta Sejusc

Crime de tráfico de pessoas pode ser denunciado no Disque 100, alerta Sejusc

 

Disque 100 e 180 atendem denúncias relacionadas a violações sobre Direitos Humanos e funcionam 24 horas por dia

Com o objetivo de estimular o debate e encorajar vítimas do tráfico de pessoas, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), durante o Mês Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, está alertando, em diversas ações, a população sobre os canais de denúncias contra o crime.

Além dos postos policiais de qualquer lugar do mundo, o Disque 100 (Ministério dos Direitos Humanos) e o Ligue 180 (Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres) são canais de denúncias, inclusive internacionais (Ligue 180).

Como identificar – De acordo com a titular da Sejusc, Caroline Braz, o cidadão deve ficar atento aos sinais para prevenir o tráfico humano.

“Precisamos coibir esse tipo de crime, e a prevenção ainda é a melhor ferramenta. O cidadão deve, por exemplo, duvidar de propostas de emprego fácil e lucrativo, e ler atentamente os contratos de trabalho, principalmente no exterior. Ao viajar, deve sempre informar a alguém confiável o endereço e contatos, e nunca deixar de dar informações a familiares e amigos”, ressalta a titular da pasta. “Em todo caso, procurar um canal de denúncia é fundamental”.

Casos no Amazonas – De acordo com dados da Polícia Federal, nos três últimos anos, foram registrados quatro inquéritos sobre tráfico humano no Amazonas. A titular da Sejusc reforça a necessidade de denúncia para receber um atendimento especializado.

“A Sejusc dispõe de um posto de atendimento ao migrante na Rodoviária e no Aeroporto de Manaus, onde uma equipe orienta e encaminha possíveis vítimas de tráfico humano aos órgãos responsáveis”, destaca Caroline Braz.

As unidades funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Programação – Na última semana de julho, a Sejusc terá uma programação alusiva ao Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, fixado no dia 30 de julho pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU). A agenda começa no dia 29 de julho, com uma videoconferência com representantes de 61 municípios no Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc-AM); e segue no dia 30, no Largo de São Sebastião, a partir das 17h.

No dia 31 de julho, serão realizadas palestras em escolas estaduais e municipais de Manaus, enquanto no dia 1º de agosto as palestras serão para imigrantes de abrigos dos bairros Alfredo Nascimento e Coroado.

Para encerrar a agenda, no dia 2 de agosto serão feitas abordagens informativas no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e no Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim, em Manaus.

FOTOS: Divulgação/Sejusc

Adão Gomes
Adão Gomes Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
Adão Gomes
Adão Gomes

CPANEL: Senha:tioadao Login:guiamanaus151122

Os comentários estão fechados.
Arrow
Arrow
Slider