NO DISCURSO EM DAVOS, JAIR BOLSONARO DIZ QUE VAI CUIDAR DA SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL, PARA QUE O PAÍS SEJA VISITADO. ELA FAZ PROPAGANDA DA AMAZÔNIA E DAS PRAIAS. EM MANAUS: POLÍCIA MILITAR APREENDE MIL SACAS DE CARVÃO VEGETAL EM SITUAÇÃO IRREGULAR DURANTE OPERAÇÃO "ÁGUIA - BOINA VERDE" AO ESTADÃO, HAMILTON MOURÃO TAMBÉM DISSE QUE DIVERGÊNCIAS ENTRE PAULO GUEDES E ONYX LORENZONI ESTÃO SUPERADAS. “TEM ESSES PRIMEIROS DEZ DIAS, QUE É O MOMENTO DE CONHECER AS COISAS. O PAULO E O ONYX JÁ TROCARAM BEIJINHOS E ESTÁ TUDO CERTO.”
Arrow
Arrow
Slider

Detran-AM realizou mais de 300 testes de alcoolemia no final de semana

Detran-AM realizou mais de 300 testes de alcoolemia no final de semana

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), por meio da Operação Lei Seca, autuou sete motoristas por dirigir sob efeito de álcool, durante a sexta-feira (26/4) e a madrugada desta segunda-feira (29/4). No mesmo período, foram realizados 306 testes de alcoolemia, o popular bafômetro. As ações se concentraram na Praça do Eldorado, zona sul; avenidas Max Teixeira e Francisco Queiroz, zona norte; e avenida Coronel Teixeira, zona oeste da capital amazonense.

Durante as abordagens ocorridas neste fim de semana, também foram apreendidas 11 Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs), 27 Certificados de Registro de Licenciamento Veicular (CRLV), além de 28 veículos retidos. No total, 140 motoristas foram autuados por diversas infrações.

A ação foi realizada por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran-AM, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Balanço – De acordo com o balanço mensal, no mês de abril foram realizados 708 testes de alcoolemia, o que resultou na autuação de 90 motoristas flagrados dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica. As operações também aplicaram 715 multas por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

As ações realizadas pela equipe do Neot visam coibir os abusos no tráfego urbano, praticados por motoristas que insistem em desobedecer às leis de trânsito, especialmente no que se refere à embriaguez ao volante.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados dirigindo sob efeito de álcool estão sujeitos a multa e podem responder a processo administrativo, com o risco de ter a CNH suspensa por um período de um ano. Nos casos em que houver reincidência, a multa e o período de cassação da CNH serão dobrados.

Adão Gomes
Adão Gomes Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
Os comentários estão fechados.
Arrow
Arrow
Slider