NO DISCURSO EM DAVOS, JAIR BOLSONARO DIZ QUE VAI CUIDAR DA SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL, PARA QUE O PAÍS SEJA VISITADO. ELA FAZ PROPAGANDA DA AMAZÔNIA E DAS PRAIAS. EM MANAUS: POLÍCIA MILITAR APREENDE MIL SACAS DE CARVÃO VEGETAL EM SITUAÇÃO IRREGULAR DURANTE OPERAÇÃO "ÁGUIA - BOINA VERDE" AO ESTADÃO, HAMILTON MOURÃO TAMBÉM DISSE QUE DIVERGÊNCIAS ENTRE PAULO GUEDES E ONYX LORENZONI ESTÃO SUPERADAS. “TEM ESSES PRIMEIROS DEZ DIAS, QUE É O MOMENTO DE CONHECER AS COISAS. O PAULO E O ONYX JÁ TROCARAM BEIJINHOS E ESTÁ TUDO CERTO.”
Arrow
Arrow
Slider

Prefeitura anuncia segunda edição do projeto Empreendedorismo nas Escolas

Prefeitura anuncia segunda edição do projeto Empreendedorismo nas Escolas

A realização da segunda edição do projeto Empreendedorismo nas Escolas foi anunciada nesta quinta-feira, 7/2, pela Prefeitura de Manaus, por meio das secretarias municipais do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) e da Educação (Semed), durante uma palestra voltada à gestores da rede municipal de ensino, no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede da prefeitura, no bairro Compensa, zona Oeste.

O projeto, que dessa vez acontecerá em parceria com a Junior Achievement Amazonas, levará aos estudantes de 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, da rede pública municipal, técnicas de iniciação ao empreendedorismo.

Para o secretário da Semtepi, Marco Pessoa, Manaus deu mais um passo para a disseminação da cultura empreendedora nas escolas. “O evento de hoje mostrou que podemos iniciar uma nova era no ensino público municipal. Nos países de primeiro mundo, desde pequenas, as crianças recebem educação financeira, economia doméstica e conceitos de empreendedorismo ensinados e aplicados em escolas e pelas famílias, e isto nos comprova que podemos fazer o mesmo com nossas crianças”, observou.

“O prefeito Arthur Virgílio Neto é uma pessoa visionária e acompanha todas as tendências do mercado e as insere nas diretrizes da Prefeitura. Então, neste ano, o desafio do projeto é capacitar 4 mil alunos e enraizar o empreendedorismo nas vidas deles, de forma que possam usar futuramente o que aprenderam durante o treinamento”, ressaltou a subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, sobre o desafio que é aplicar o projeto nas escolas públicas municipais.

Conforme o diretor do Departamento de Qualificação Profissional da Semtepi, Fábio Castro, a escola é a parte mais importante no andamento do projeto. “Quando falamos do estímulo ao empreendedorismo, é fundamental que a escola atue de forma cooperativa nesta missão. Nem todas as escolas estão preparadas para trazer à tona esse tema, então é essencial que os gestores incentivem a participação dos alunos para que eles recebam o projeto de braços abertos”, destacou.

Transversalidade

O projeto, que tem como objetivo implementar a cultura empreendedora nas escolas da educação de base do município, foi lançado em junho do ano passado e é parte integrante do programa “Manaus Mais Empreendedora”. Em sua edição piloto capacitou mais 1,5 mil estudantes.

Em outubro do ano passado, o prefeito Arthur Virgílio Neto sancionou a Lei nº 2.349, que altera a Lei 2.196, ao acrescentar o Empreendedorismo como tema transversal nos conteúdos programáticos das disciplinas do Ensino Fundamental.

— — —

Os comentários estão fechados.
Arrow
Arrow
Slider